Imprensa | Ultimas Notícias

12 de Março | :

SECRETARIA: Saúde

Fonte: Secretaria de Saúde

A administração municipal de Feliz Natal, através da Secretaria de Saúde, em parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae ), dando ênfase ao atendimento fonoaudiológico no âmbito ambulatorial.

A administração municipal de Feliz Natal, através da Secretaria de Saúde, em parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae ), dando ênfase ao atendimento fonoaudiológico no âmbito ambulatorial. Após mais de dois anos e meio sem profissional na área, neste mês de março o município começou a oferecer o serviço para a população, após contratar a fonoaudióloga “Meuri Ane Lima da Silva”, formada por umas das mais conceitudas faculdades do Brasil, Fundação Educacional de Fernandópolis (FEF). O Secretário de Saúde, Crisomar Vieira de Carvalho (Vieira Da Saúde), destaca que após levar a problemática ainda no ano de 2017, ao senhor prefeito Rafael Pavei, autorizou imediatamente a fazer a contratação deste profissional para compor o quadro da saúde de nosso município, ouve ainda uma certa morosidade (demora), por não encontrar o profissional para contratação. O atendimento será realizado aos sábados das 07 às 11 e das 13 às 17 horas, o local será na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae ), nossa parceira que cedeu a estrutura, onde a profissional possa realizar os atendimentos. Vieira Da Saúde enfatiza que o objetivo é sanar os atendimentos que estavam sendo direcionados para fora do município e melhorar o suporte das famílias que necessitam de acompanhamento semanalmente. “Com uma demanda reprimida de aproximadamente 50 pacientes, onde temos pacientes encaminhados de 2013, nessecitando de atendimento fonoaudiológico, crianças que necessitam de acompanhamento devido à dificuldade de linguagem oral, aprendizagem, audição, problemas vocais, motricidade orofacial, relacionados, estomagnatico, atenção e memória”, destaca a fonoaudióloga. “A fonoaudiologia no sistema de saúde prioriza atividades preventivas para minimizar problemas futuros, o setor de fonoaudiologia atende a demanda de problemas auditivos em crianças, adolescentes e idosos, problemas relacionados a atrasos e distúrbios de linguagem, gagueira, distúrbios de comportamento, transtorno e déficit de atenção e hiperatividade, troca de letras na leitura e na escrita, entre outros. Explica o secretário. “Estamos trabalhando para que os feliznatalenses tenham os atendimentos necessários para melhorar a qualidade de vida em todas as fases da vida”, finaliza Vieira Da Saúde.